Tipicamente moderna

Clique aqui para ouvir esse artigo

Sou mesmo uma mulher tipicamente moderna. Certamente as mulheres que lutaram por sua liberdade no passado, e contribuíram para evoluirmos e sermos o que somos hoje, não imaginavam em que ponto chegaríamos.

Sem me ater muito ao contexto histórico, as mulheres eram praticamente escravas de seus homens, escravas sexuais, domésticas, do silêncio, da conivência com as traições, sem participação na sociedade.

 

De fato evoluímos. Hoje somos independentes, temos nosso próprio dinheiro, temos domínio sobre as nossas decisões, temos participação na sociedade, até "presidentas" já somos.

 

Mas... Pasmem... Agora estamos carentes!

 

Incrível como tudo no mundo funciona em ciclo. As mulheres do passado, as submissas, não tinham o que conquistamos e temos hoje, mas elas tinham quem cuidasse delas. Hoje as mulheres conquistaram tudo o que queriam, mas perderam seus cuidadores.

 

O que mais me impressiona nesse contexto é que os homens não estão sabendo como lidar com isso, uma vez que perderam sua função principal (convenhamos que ninguém precisa mais de ninguém para viver), logo se a mulher e o homem não tiverem uma imensa compreensão ou um imenso piloto automático, as relações não se consolidam. A coisa se transforma em um ciclo de "Acaba a paixão, acaba o sexo, acaba a relação".

 

Nós mulheres suprimimos a principal característica masculina. O cuidado. Aquele homem que sentia em seus ombros responsabilidade de trabalhar para cuidar de sua família quase não existe mais. Nós mulheres hoje dividimos esta responsabilidade com eles. O que dói, é que na maioria das vezes eles não dividem conosco as responsabilidades originais que nunca perdemos: casa, filhos, etc...

 

Fora esta sensação de sermos poderosas não sei o que realmente ganhamos. Trabalhamos, ganhamos bem, ficamos cansadas, cuidamos da casa, dos filhos, dos homens e ainda temos que nos cuidar, ficar lindas, para reconquistar a quem nós mesmas estamos intimidando.

 

Só mais uma reflexão.

 

A maioria das pessoas adora assistir humor. E o que mais me impressiona é que o assunto das piadas 85% das vezes é mulher... É engraçado piada de mulher. Somos mesmo um estereótipo. Os homens não conseguem nos entender. Para não se desesperar eles fazem piada com isso, penso eu.

 
Seja o primeiro a comentar
Construindo seu barco

Construindo seu barco

Deixe a revisão
Sobre tomar as rédeas da própria vida e se preparar para poder criar as opo...
Leia mais
Para onde estamos indo nesta vida

Para onde estamos indo nesta vida

Deixe a revisão
Reflexões de uma apaixonada pela vida, pelo sentir, pelo momento presente, ...
Leia mais
Reinventar é preciso

Reinventar é preciso

Deixe a revisão
Falando um pouco sobre as inquietações e dúvidas que, inevitavelmente, acom...
Leia mais
Empreender pode ser sua única saúda para a crise

Empreender pode ser sua única saúda para a crise

Deixe a revisão
Em todas as crises a única saída é o empreendedorismo. Independente de abri...
Leia mais
Minha lembrança da Pequena Alma

Minha lembrança da Pequena Alma

Deixe a revisão
A história que trago aqui hoje é linda, simples, singela e me fez chorar no...
Leia mais
Quando o corpo pede socorro!

Quando o corpo pede socorro!

Deixe a revisão
Entender os sinais do nosso corpo é fundamental para ter uma melhor qualida...
Leia mais
Deixe o rio correr para o mar

Deixe o rio correr para o mar

Deixe a revisão
Quando usamos as memórias de forma positiva funciona como refrigério e elas...
Leia mais
Nossos valores determinam nossas prioridades

Nossos valores determinam nossas prioridades

Deixe a revisão
Já parou para pensar em quais são seus valores? Eles certamente são a razão...
Leia mais
Estamos realmente ganhando a vida?

Estamos realmente ganhando a vida?

Deixe a revisão
Já parou para pensar sobre ganhar a vida? Será que o que aprendemos sobre ...
Leia mais